Share
Frente fria derruba temperatura, e SP tem madrugada mais fria do ano

Frente fria derruba temperatura, e SP tem madrugada mais fria do ano

Os paulistanos acordaram nesta quarta-feira (19) sentindo mais frio. Isso porque a cidade de São Paulo teve a madrugada mais fria do ano: a temperatura média mínima foi de 14,3°C. Até então, a noite mais fria do ano na capital paulista havia sido no mês passado, em 21 de março, quando chegou a 15°C.

As menores temperaturas absolutas foram registradas nas regiões de Capela do Socorro (11,1°C), Parelheiros (13,3ºC) e Jabaquara (13,4°C), na zona sul, e nos bairros da zona leste, como Itaim Paulista, Itaquera e Vila Prudente, que atingiu 13,7°C.

Os dados foram coletados a partir das estações meteorológicas espalhadas por São Paulo do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), ligado à prefeitura. A medição oficial da temperatura da cidade é feita pelo Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

A queda na temperatura fez aumentar a preocupação com os moradores de rua. Por isso, o órgão decretou desde as 20h10 desta terça (18) estado de atenção para baixas temperaturas na cidade, quando a sensação térmica em São Paulo é inferior a 13°C. Abaixo dos 10ºC, é decretado estado de alerta. Os decretos servem como um alarme para a Defesa Civil, que age para coordenar o encaminhamento dos moradores de rua a abrigos.

Nesta quinta (20), o sol aparece e favorece a elevação das temperaturas ao longo do dia, com termômetros oscilando entre 13°C e 27°C. No final da tarde, segundo o meteorologista do CGE, a nebulosidade aumenta com a chegada da brisa marítima, entretanto não há previsão de chuva para a Grande São Paulo.

Segundo o meteorologista do Inmet, Ernesto Alvim, devem ocorrer pancadas de chuvas na sexta (21), feriado de Tiradentes, devido à passagem de uma segunda frente fria, que vem da Argentina, passa pelo Mato Grosso do Sul e chega a São Paulo na própria sexta (21).

Deixe seu Comentário