Share
Trabalhadores da GM aceitam layoff  em troca de estabilidade no emprego

Trabalhadores da GM aceitam layoff em troca de estabilidade no emprego

Os trabalhadores da GM de São José dos Campos aceitaram a suspensão temporária do contrato de trabalho em troca da garantia de emprego após o período. Até 1.500 trabalhadores poderão ser afastados e todos os empregados da unidade terão estabilidade até fevereiro de 2018, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos da região.

A suspensão do contrato de trabalho, chamada de layoff, irá de 5 de junho a 4 de novembro. Os funcionários afastados receberão salário integral -parte pago pela GM e outra pelo governo federal, com recursos do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). Segundo o sindicato, os funcionários terão direito ao 13º salário, reajuste e PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Deixe seu Comentário