Share
Uma em cada três chamadas do  Samu não é atendida na capital

Uma em cada três chamadas do Samu não é atendida na capital

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) deixou de atender neste ano, até o dia 20 de abril, uma em cada três ocorrências abertas na capital paulista. Os dados foram obtidos com exclusividade pelo jornal “Agora” via Lei de Acesso à Informação.

Os números mostram que 113.882 ocorrências foram abertas no Samu entre 1º de janeiro e 20 de abril. Dessas, apenas 75.047 foram atendidas de fato pelo serviço, da gestão João Doria (PSDB). O Samu conta com 122 ambulâncias que atuam em escala na cidade.

A Secretaria Municipal da Saúde diz que os dados mostram melhora no serviço – em 2016, 61% das ocorrências abertas foram atendidas, ante 66% neste ano, que teve mais casos.

Deixe seu Comentário