Share
Justiça aceita denúncia contra o biólogo acusado de jogar esposa de prédio no PR

Justiça aceita denúncia contra o biólogo acusado de jogar esposa de prédio no PR

A Justiça aceitou na tarde desta quarta-feira, 8, a denúncia oferecida pelo Ministério Público do Paraná contra o professor de Biologia Luis Felipe Manvailer, de 32 anos, por feminicídio. Por decisão da juíza Paola Gonçalves Mancini, ele passará a ser réu no caso e poderá ir a júri popular.

Manvailer, que está detido no Presídio Industrial de Guarapuava (PIG), é acusado de ter jogado a esposa Tatiane Spitzner da janela do quarto andar do prédio onde o casal residia, em Guarapuava. Os advogados de Manvailer terão dez dias para apresentar uma defesa preliminar, além de arrolar testemunhas.

Em nota, a defesa informou que “permanece no aguardo do resultado de exames periciais no corpo da vítima, no apartamento do casal, nas câmeras de segurança, nos smartphones, computadores e HDs apreendidos e na realização de reprodução simulada dos fatos com a participação do acusado”.

Foto: Reprodução

Deixe seu Comentário